ELEIÇÕES AMERICANAS – DONALD TRUMP

1-142h-vgdqsuytf0xql1q9aPostei nesse vídeo-8 DE NOVEMBRO,AS ELEIÇÕES AMERICANAS, um texto que escrevi antes das eleição quando perecia algo” inacreditável” que Donald Trump viesse a ser  eleito Presidente dos Estados Unidos.
Quero insistir na importância e na urgência de uma reflexão do que pode  vir a significar para  a Civilização a eleição de quem,durante  mais de seis meses de  exposição diante da mídia de seu país e do mundo,pregava sua oposição aos valores fundamentais da Civilização,que a espécie humana levou séculos ,talvez milênios,para construir.Entre outros,lembro alguns valores contestados:

8 de novembro de 2016 – A Eleição Americana

Um dia muito importante para a história da espécie humana sobre ,mais do que o 11 de novembro de 2001,(o dia da derrubada das torres mundiais do comércio de Nova York-ainda lembram?) comentado à época como o dia em que o mundo,a partir dele,nunca mais haveria de ser igual.Não vou analisar se o mundo se tornou diferente,a partir daquele data.

DONALD TRUMP E A AMEAÇA À CIVILIZAÇÃO

Meus queridos.

Inicio nossa reflexão de hoje,lendo um trecho do Terceiro volume da trilogia Um olhar e Três tempo,editada em 2012 pela Editora Unisul. Visão sobre a Aldeia Global,é como denominei esse terceiro volume,onde me concentro na análises do que vinha acontecendo no mundo naquela primeira década desse novo século,o Século  21.

O BRASIL O MUNDO E AS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS.

Qual a contribuição do Brasil para levar a esperança ao mundo?
Entre nós,brasileiros,a cada dia que as investigações da Lava Jato e de outras operações QUE A CADA DIA NOS SURPREENDEM, denunciando  novas fraudes envolvendo políticos,empresários e outros atores sociais,há,de um lado, um respiro de satisfação visível na sociedade mas, de outro,há um estarrecimento pela revelação da extensão e da profundidade que a corrupção atingiu -árvore nascida da perda de valores,infiltrada em todos os células da sociedade,como uma  metástase a apodrecer seu tecido.

DEPOIS DO TUNEL, COMO CONSTRUIR O NOVO BRASIL?

tunel

(Passada a tempestade do impeachement)

Passado o centro do furacão político, com o afastamento definitivo da ex-Presidente Dilma Rousseff,do ex-Presidente da Cãmara Eduardo Cunha e findo o mandato do Presidente do Supremo Tribunal Ricardo Levandowski, subtituído por uma mulher, a Ministra Carmen Lucia, e embora ainda reste o Presidente do Senado,para que se conclua a higidez na cabeça dos três poderes, protegido,o Presidente do Senado,de sua dezena de processos judiciais pelos quais responde no Fórum privilegiado do Supremo Tribunal (um privilégio que atenta contra um dos pilares da democracia que afirma a igualdade de todos perante a lei)  é importante por isto tudo, que se comece a ver  no fim do túnel uma luz,e além da luz,um novo País.

AS OLIMPÍADAS E O VERDADEIRO BRASIL – THE OLYMPICS AND THE REAL BRAZIL

SSSComo há vinte dias vi e comentei a abertura dos jogos olímpicos, nesse fim de semana, com igual emoção ,acompanhei o encerramento dessa festa de confraternização universal das Olimpíadas.
Mais uma vez quero dizer que vi exposta, naquele Maracanã feito espetáculo, a verdadeira alma do Brasil, um Brasil capaz de se orgulhar de sua cultura, de seu povo exuberante, alegre,aberto a produzir e viver a arte simples inspirada na beleza que existe nas pessoas,na natureza  e no mundo,feliz no acolhimento a todos,de todos os povos, de todas as raças,de todas as crenças,ideologias ou  condição social,todos iguais,vindos de países  ricos e poderosos ou de países  pobres,todos iguais…uma amostra  universal da riqueza de conviver na diversidade que é sua própria identidade,a própria alma  brasileira.

NA COMEMORAÇÃO DOS 80 ANOS – Reflexões

PELA COMEMORAÇÃO DOS MEUS  80 ANOS
21-23 DE JULHO DE 2016
I-Saudação
Quero que mais do que a comemoração desses 80 anos ,esse evento seja a comemoração de mais um encontro de  família , de pessoas  unidas,que se amam, pais e filhos, noras, genro, netos, irmãs, cunhado, primos,sobrinhos e todos os mais queridos amigos.Nem o aniversário,nem o aniversariante são importantes.Importante é o Encontro.

O TERRORISMO E O DESENVOLVIMENTO DA CULTURA DA PAZ

THE TERRORISM AND THE DEVELOPMENT OF THE CULTURE OF PEACE
Diante de mais um atentado terrorista,agora em Nice na França,e da violência que se espalha cada dia mais no Oriente Médio,nos Estados Unidos,como já aconteceu na Espanha,na Inglaterra,ou nas Olimpíadas da Alemanha,e diante do crescimento de formas mais subtis de violência,como a fome que mata milhões de pessoas no mundo,o fundamentalismo que joga culturas ou crenças religiosas contra outras crenças ou culturas, as ditaduras que amordaçam povos,quer de forma aberta,como em países da África,ou de forma mais sofisticada,como na China, em Cuba e em outros países da Ásia,ou mesmo no Brasil,onde mais 50 mil brasileiros são mortos anualmente (o que equivale a 2 atentados de Nice,diariamente), vale meditar sobre o comentário feito pelo Dr. Federico Major, ao receber o livro “PARTICIPAÇÃO E SOLIDARIEDADE,a Revolução do Terceiro Milênio,agora editado na França (Participation et Solidarité,la Révolution du Troisième Millenaire-Éditions Universitaires Européennes). Foi o seguinte comentário postado pelo Dr.Federico Major:

A Inglaterra e a UNIÃO EUROPEIA

imagesNa vida das Nações,como das pessoas,existem momentos de grandeza,e de vitórias,como de pequenez e de fraqueza.Os episódios acontecidos na semana passada,em que o povo inglês para tristeza dos que querem um mundo dos que aproximam e não dos que distanciam,dos que derrubam muros e não dos que levantem muros, deu um péssimo exemplo de levantar muros,de afastar,ao invés de aproximar,de erguer ao invés de derrubar muros.

O momento nacional e os caminhos para o futuro

duplo-caminho
Queridos amigos, queridas amigas. Sei que na época em que vivemos, onde a mídia nos atrai por slogans,  marquetizados e com pouco compromisso com a ética, ou com a verdade ,onde o tempo nos é consumido, ou roubado, por toda espécie de atrativos, convidá-lo para  dedicar 20 minutos de seu precioso tempo para uma reflexão maior sobre as realidades que nos cercam e que nos preocupam, é um pouco remar contra a correnteza. Mas agradeço se você me acompanhar, comentar, compartilhar , enfim difundir essas reflexões.